quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

NÃO FUMADOR APÓS 30 ANOS





Queria pôr implantes na boca, e foi como um soco no estômago, quando o dentista me disse que só poderia fazê-lo se deixasse de fumar. Explicou-me que o fumo do tabaco comprometia a osteointegração de implantes dentários. Fiquei apavorado, como iria conseguir deixar de fumar? Fumava desde os 12 anos, era fumador há 30 anos. 

Sangrava diariamente da boca, com uma inflamação crónica das gengivas, que estavam em processo de regressão, tudo derivado ao hábito de fumar. Após 6 meses de ter deixado de fumar, com a ajuda da hipnose, numa única sessão, a 15 de novembro de 2013, o estado das gengivas tinha melhorado de tal forma que pode iniciar o tratamento. Coloquei vários implantes e tudo correu, até hoje, como desejado. 

O dinheiro que gastava em cigarros serviu para pagar o tratamento da boca e permitiu-me concretizar mais um sonho, viajar a Nova Iorque. Olhando para trás, ter deixado de fumar é sem margem para dúvidas uma das realizações da qual eu mais me orgulho na vida.