sexta-feira, 17 de julho de 2015

CONTROLO FÍSICO

CONTROLO DA TEMPERATURA CORPORAL




Pintor: Nicholas Roerich  (1874 – 1947)
No budismo tibetano existe uma meditação chamada tummo, palavra tibetana que significa: Fogo Interior.

É um estado alterado de consciência capaz de fazer a temperatura do corpo elevar-se. 

O praticante focaliza-se na respiração e provoca as alterações térmicas através da imaginação. Neste estado alterado de consciência consegue diminuir o seu metabolismo, controlar os batimentos cardíacos – um músculo, em tese, involuntário, consequentemente consegue suportar temperaturas baixíssimas ao seu redor.

Uma pesquisa científica recente revelou que um praticante de tummo, em estado meditativo, é capaz de produzir quantias significativas de anticorpos que podem ter um efeito preventivo e curativo na saúde do mesmo.

Depois de um longo treino, os iniciados tummo são levados, em pleno inverno, para o alto das montanhas, onde permanecem sentados, nus, a secarem as roupas molhadas encima do seu corpo. Observadores ocidentais afirmam que a neve fica derretida num raio de 3 metros de distância do praticante.

Feitos semelhantes, embora opostos, também fazem parte da tradição do ioga hindu. O praticante senta-se rodeado por achas de lenha e estrume de vaca em chamas, com o sol do meio-dia a incidir diretamente sobre ele, demonstrando imunidade ao calor.

Wim Hof é um holandês famoso pela sua capacidade de controlar a temperatura do seu corpo através da mente.



Wim Hof