sexta-feira, 17 de julho de 2015

QUEM DECIDE? - NÃO SUBESTIME O INCONSCIENTE


Neurocientistas da Universidade de Melbourne, Austrália, demonstraram que existe um intervalo de tempo em que o cérebro já decidiu, mas a decisão tomada ainda não surgiu no nosso pensamento consciente.


Imagine que está sentado à mesa de jantar. Na sua frente estão dois copos, um com água, outro com vinho. Durante a refeição escolhe diversas vezes se deseja tomar um gole de vinho ou de água. Como é tomada cada decisão?


O que percecionamos  são dois momentos. No primeiro decide conscientemente o que quer tomar (água por exemplo). No segundo momento, o seu cérebro direciona a sua mão para o copo e bebe. Nos últimos anos diversos estudos demonstraram que essa ideia não passa de uma ilusão.


O ato de escolher um copo, na verdade, ocorre em três tempos. No primeiro momento o seu cérebro decide que bebida vai tomar. No segundo momento esta decisão aparece na sua consciência (e leva-o a pensar que está a tomar a decisão - uma ilusão, porque ela já está tomada). E no terceiro momento a sua mão dirige-se para o copo. Em outras palavras, a decisão é tomada inconscientemente e somente depois aparece na nossa consciência.


 PARA MAIS INFORMAÇÃO - CLIQUE NA IMAGEM