quarta-feira, 15 de julho de 2015

PRIMEIROS SOCORROS

No Corpo de Bombeiros de Haguenau, 120 bombeiros,  da região francesa da Alsácia, foram treinados em hipnose clínica para aprenderem a acalmar vítimas presas sob os escombros, em um carro após um acidente, ou até mesmo uma pessoa que sofre um ataque de asma.


Enquanto os bombeiros tratam do desencarceramento, ou cuidam dos feridos, o pessoal treinado em hipnose estabelece uma ligação mais próxima da vítima, e ajuda a mesma a focar a sua atenção para longe da vivência traumática.

“A nossa primeira avaliação parece mostrar benefícios: em 100% dos casos, as pessoas afirmaram que percepcionaram uma distorção do tempo. Uma sensação de duração da prestação de cuidados por parte dos bombeiros, menor do que realmente aconteceu”, diz Colas-Nguyen.

“Nós já sabíamos, há algum tempo, que a hipnose funciona, e que  não é um placebo”, diz Stephane Donnadieu, bombeiro médico treinado e conselheiro para as operações de resgate na França.

Para ler a artigo completo - clique na imagem 

http://www.nydailynews.com/life-style/health/french-firemen-test-hypnosis-victims-article-1.1381242







HIPNOSE NA PRIMAVERA ÁRABE


Assistência médica de Emergência e Primeiros Socorros.
Recurso a Sugestões Hipnóticas no alívio da dor física e psicológica dos feridos.
 









Serviços de emergência médica providenciam assistência de emergência pré-hospitalar, em situações clínicas agudas ou súbitas. O objetivo é estabilizar o paciente e atingir um nível de cuidados minimamente satisfatório, que permite o transporte da vítima em segurança para a próxima etapa no processo, por regra o tratamento hospitalar.




Gen Hosp Psychiatry. 1986 Jan;8(1):19-22.
Emergency room use of hypnosis.
Wain HJ, Amen DG.

Abstract

Myths about hypnosis have interfered with its use in emergency settings. Specifically, included are myths about who induces the hypnotic state, the length of induction time, and the traumatized patient's inability to concentrate on a focal point. It is suggested, however, that altered states of awareness occur rapidly and spontaneously in the patient who has experienced acute trauma and/or pain. Two cases are presented that illustrate spontaneous trancelike states occurring in traumatic situations. The cases also show how the recognition of these altered states can facilitate the patient's care and treatment in an emergency setting.

PMID: 3943711 [PubMed - indexed for MEDLINE]




Emerg Med Clin North Am. 2000 May;18(2):327-38,
The use of hypnosis in emergency medicine.
Peebles-Kleiger MJ.
Karl Menninger School of Psychiatry and Mental Health Sciences, Menninger Clinic, Topeka, Kansas, USA. peeblemj@menninger.edu
Ab
stract
Hypnosis can be a useful adjunct in the emergency department setting. Its efficacy in various clinical applications has been replicated in controlled studies. Application to burns, pain, pediatric procedures, surgery, psychiatric presentations (e.g., coma, somatoform disorder, anxiety, and posttraumatic stress), and obstetric situations (e.g., hyperemesis, labor, and delivery) are described. Negative effects are discussed.

PMID: 10767888 [PubMed - indexed for MEDLINE]